Reflexões

A era da futilidade

635views

Drink’s ao anoitecer à companhia de uma bela postagem em redes sociais sem retirar o que mais importa, o filtro adequado.

Vazio interno, um vômito de palavras, frases judicantes fronte aos assuntos pelos quais o expelidor também havia sido incriminado outrora.

Uma sociedade sem objetivos, uma família sem emprego, uma criança pedinte e um bêbado tomando sua dose de glicose ao fim de semana.

Pessoas caminham. Olham mas não enxergam. Embasbacados admiram um lançamento na loja de aparelhos eletrônicos, este que custará os olhos que aparentemente lhe eram inúteis.

E assim vivemos em mais um ano de hipocrisia……

Enquanto isso o mundo se esvazia, como se fizesse uma espécie de seleção natural. Repele os bons, enquanto preenche o mundo dos fracos. Os bons partem, os pobres de espírito ficam… permanecem… e fazem mais seres bons partirem.

Texto: Renan Barbosa

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com