A esquerda Lizete Canova e Sérgio Pires. A direita Thiago Canova e Vinicius Canova.
EspeciaisOpinião

Um jornalista e mais de cinco mil artigos depois

1.07Kviews

Imagine escrever mais de cinco mil artigos. Imagine ter seu texto publicado diariamente em mais de quarenta sites a nível estadual. Reflita como seria ser reconhecido como um dos maiores especialistas em política de Rondônia. Agora junte isso com a apresentação semanal de dois programas na televisão e acrescente a participação em um programa diário na rádio, achou difícil?

Esse é o trabalho do jornalista Sérgio Ibanez Pires, ou comumente conhecido como apenas Sérgio Pires. Vindo do sul e um churrasqueiro de primeira, o profissional chegou em Rondônia pela primeira vez em 1987, a convite do jornalista Éverton Leoni, considerado irmão de coração, e chegou para dirigir o jornal “O Guaporé”. Em sua coordenação, o jornal publicou uma das primeiras fotos coloridas impressas na época, era a foto da usina de samuel.

De 1990 a 1997, depois de passado o período de glória do tabloide, decidiu regressar ao seu Estado de origem e em suas palavras foi um dos seus piores erros. Ao perceber o potencial do Estado e que a região norte era, de fato, promissora, regressou com sua família às terras exploradas por Marechal Rondon.

Em todo esse período nunca deixou de ser formador de opinião, trabalhando sempre em veículos de comunicação.

A PESSOA SÉRGIO PIRES

Até aqui, portanto, seria uma matéria formal com apresentação de currículo, mas isso não expressaria, nem de longe, a gratidão que nutro por ele.

O conheci quando, na curiosidade de conhecer os bastidores de um debate de televisão, tentei ingressar no sistema imagem de comunicação. Sem ser jornalista e muito menos ter um cadastro prévio era óbvio que seria barrado. Porém, pela porta, lá de longe, vi um ser carismático observando toda a cena e questionando o funcionário sobre o porquê de me proibir a assistir.

Naquele local demonstrou, portanto, confiar em mim e na minha pura intenção, nos tempos de hoje uma raridade.

A partir dai sempre o enxerguei com olhos de respeito. Em prantos pelo constrangimento que sofri com a proibição, que nem vale a pena comentar, assisti atentamente o debate.

Depois disso comecei a acompanhar sua vida mais atentamente e conversar com essa personalidade mais um pouco. Aprendendo muito a cada dia e tentando ler mais, comecei a frequentar a emissora. Em uma das visitas o confidenciei que criava sites e etc. Foi aí então que surgiu o projeto do blog.

Como sempre tenho em mente a gratidão aos meus primeiros clientes no Estado devo ressaltar que ele foi um deles. Após criar o seu blog, que será modificado em breve, sempre nos falamos diariamente.

Sua família é o exemplo da ternura e do amor dedicado pelo pai. Lizete Canova, Thiago Canova e Vinicius Canova são pessoas com as quais palavras boas não conseguirão definir. Eles dedicam a sua vida para aturá-lo, uma tarefa nem sempre fácil rsrs… Até quando não sei, só sei que Sérgio pra mim é um pai em Rondônia e me considero adotado por sua família.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com